• (43) 3341-1055
  • (43) 9 9103-9114
  • (43) 3341-1055
  • (43) 9103-9114

Sobre

Tenha fé, esperança e seja caridoso

“Fé, esperança e caridade são virtudes que reforçam o espírito e o coração. E que todo os ser humano deve ter”

O Centro de Apoio ao Paciente com Câncer (CAPC), foi idealizado pelo Dr. Celso Fernandes Júnior, que realizou mais de 200 transplantes de rins. Por aproximadamente 15 anos, colaborou no tratamento de muitos pacientes com câncer, no Instituto do Câncer de Londrina.

A ideia do centro de apoio, surgiu através de um sonho que teve pouco tempo depois de receber o diagnóstico de câncer de orofaringe em 2010. O sonho se passava por um ambiente adequado e propício para oferecer auxílio e apoio aos portadores de câncer. 

O projeto.

O projeto foi fundado em 04 de abril de 2013, em Londrina/PR, com o apoio da FIOCRUZ/BA, instituições, universidades, homens e mulheres das mais diferentes profissões. No final de junho/2013, o CAPC recebeu por doação da Fundação Melvin Jones distrito LD-6, um terreno 8.200 m/2, próximo ao Aeroporto de Londrina, local onde pretende- se construir o centro.

O intuito é atender inicialmente seiscentas pessoas por dia, sendo todas pacientes do Instituto de Câncer de Londrina, que é um hospital de referência na região Norte do Paraná. O centro tem como objetivo oferecer auxílio aos pacientes, através do apoio psiquiátrico, odontológico, ortopédico, dermatológico, cirurgias de cabeça e pescoço, ambulatorial, medicamentoso, nutricional, fisioterapia, jurídico, espiritual, além dos setores de departamento da dor e de reabilitação,

Pretendemos atender aproximadamente 50 municípios de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), em ações preventivas de diagnósticos por imagem do câncer da próstata e mama.

Estrutura.

Além de um centro de pesquisas e o CAPC Itinerante, que percorrerá toda a região com campanhas e orientações sobre o câncer. A sede foi projetada de forma sustentável e ecológica.

Ajude você também.

Seja um voluntário. Você estará ajudando para o alento e esperança, como também iluminando o caminho de quem vive a provação de lutar contra essa patologia.